quarta-feira, abril 16, 2008

A altura do ciúme

Há uns dias li um pequeno texto que explicava a relação entre a altura e os ciúmes. 549 pessoas, de ambos os géneros sexuais, foram os inquiridos em Holanda e Espanha e os resultados publicados no Evolution and Human Behavior.

O estudo é, no mínimo, interessante.
Os primeiros resultados são:
  • Os homens aparentavam sentir-se ameaçados por outros homens atraentes (atraentes para quem?), ricos e fortes. Claramente alguma dificuldade quando notam que “o outro” pode ser melhor…
  • As mulheres não iam muito com a cara de outras mulheres bonitas e elegantes (e de inteligentes não?).

Agora, o interessante é notar que os resultados anteriores de ciúme diminuíam quanto mais altos eles fossem e quanto mais próximo da média estatutária elas estivessem. Claro que os investigadores não puderam deixar de analisar de um ponto de vista evolutivo: homens mais altos são os preferidos das mulheres e mulheres de altura média são as que possuem melhor saúde e fertilidade. Não sei bem em que estudos se baseiam para tais conclusões… Sei apenas que, por observação, os homens mais altos são mais auto-confiantes, tendendo a gostar mais da sua imagem pessoal, nalguma forma de complexo de superioridade talvez, não sei…

Mas se assim for, mais facilmente entenderemos porque os mais altos são menos ciumentos. Agora, quanto aos mais baixinhos, não se sintam subestimados! Lembrem-se: vocês estão em vantagem – o coração e a mente estão mais próximos e elas gostam de pessoas que sabem pensar e sentir, ao mesmo tempo.

Etiquetas: ,

2 Comentários:

Anonymous Ella disse...

A última frase foi alguma piada???!!!
O que ela significa é que os mais baixos "sabem pensar e sentir"???!!!
Olha que não sei não, sabem mesmo?
;-))

16 abril, 2008 15:33  
Anonymous Lino disse...

O comportamento humano é um dos campos mais férteis para as pesquisas. Afinal, sempre queremos saber o que pensam e fazem homens e mulheres.

16 abril, 2008 23:48  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial