quinta-feira, outubro 09, 2008

Atenção: Cafeínar prejudica gravemente (ou talvez não tanto) a saúde!

Li na Forbes uma entrevista sobre bebidas energéticas que existem no mercado, em especial uma cujo sabor me agrada - o Redbull, a volta do qual existe um sem-número de mitos.

Algumas das questões abordadas são de relevo, tendo a ver diretamente com a saúde de quem consome tais produtos, entre os quais o grupo mais vulnerável de rapazes que, desejando um pouco de animação que poderá parecer saudável (não bebendo, nem fumando, nem "afins"...) poderão encontrar alternativas de diversão nelas.

O entrevistado, Roland Griffiths, não se coíbe em advertir que um um dos riscos do consumo de cafeína é a intoxicação:

Intoxicação por cafeína é um síndroma bem reconhecido. Os seus sintomas clássicos são nervosismo, ansiedade, desassossego, insónia, incómodo [gastro-intestinal], tremores.

Chega mesmo a dizer que a overdose é uma realidade no mundo da cafeína, apesar de as doses variarem, pois "há algumas pessoas que aparentam ser geneticamente relativamente insensíveis à caféina. Noutras, estarão ansiosas, desconfortáveis, terão interrupções de sono" e eu... nem dormir consigo se tomar cafeína a partir das 18:00!

E o mito de o amigo do amigo que bebeu alguma dessas bebidas e foi parar ao hospital pode bem ser verdade! O professor universitário e neurocientista explica que uma pessoa, se não sabe o nível de cafeína ao qual é tolerante e as bebidas não informam do nível de cafeína (eu já ouvi que a Red Bull tem 7 doses de café, 11 ou mesmo 30!), adicionado à ingenuidade de se beberem três latas porque o sabor é agradável, pode mesmo levar às Emergências!

E apesar de poder levar a consumos posteriores de outras "drogas" como a ritalina (que deveria ser prescrita), o entrevistado admite uma certa ambiguidade. Por um lado estão todos os problemas que mencionou ao longo da entrevista todos mas, por outro, "não é como o álcool ou o fumo de cigarros, que se encontram associados a riscos de saúde que ameacem a vida". Termina mesmo dizendo:

Não creio que deveríamos apressar-nos em pensar que a cafeína é perigosa no mesmo sentido que a cocaína, mas [e aí está o cerne da questão!] pode funcionar como porta de entrada.

Seja como for, a única solução é conhecermos os nossos limites e cingir-nos pela moderação!

Etiquetas: ,

3 Comentários:

Blogger Fábio Mayer disse...

Nunca gostei desse treco... e tem gente qwue mistura com álcool.

Prefiro o bom e velho cafezinho.

09 outubro, 2008 15:18  
Blogger João Moutinho disse...

O "red bull" é uma grande m...arca.
(para vender)

09 outubro, 2008 19:00  
Blogger AlmaAzul disse...

Ou vou-me calar :-X

Bjs

16 outubro, 2008 23:31  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial