terça-feira, agosto 19, 2008

Dia Humanitário Mundial, o dia de Sérgio Vieira de Mello

Residindo em Portugal, dificilmente o que acontecesse em Timor poderia passar-me ao lado, sem ser notado. E uma das figuras que me recordo desses tempos foi Sérgio Vieira de Mello, apreciado, admirado e, sobretudo, respeitado pelas elites e pelas populações por onde passava.
Senhor de um currículo invejável, o que mais me chamou a atenção nele, enquanto jovem adolescente que eu era, era o seu sorriso na face, apesar de se encontrar nos piores locais do mundo, representando as Nações Unidas.
E nesta lista incluem-se países e locais instáveis como Bangladesh, Sudão, Chipre, Moçambique, Perú, Líbano, Camboja e região africana dos Grandes Lagos.
Era o sorriso na face, a real preocupação no olhar e a eficácia nos atos. Este era o humanitário que, algum dia, gostaria de conhecer.
Mas, após o Kosovo e Timor, foi para Bagdad, aonde um massacre retirou a vida do então Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos e Representante do Secretário-Geral para o Iraque e de outras 21 pessoas.
Cinco anos após o evento trágico, hoje, a ONU, sob proposta da Sergio Vieira de Mello Foundation, virá a considerar o dia 19 de Agosto como o Dia Humanitário Mundial, o dia em que não só se homenagerão esses "mártires" dos direitos humanos, como também outros humanistas que deram e dão, dia após dia, as suas vidas em defesa dos princípios humanos defenidos pelas Nações Unidas.
Cinco anos depois, Sérgio Vieira de Mello sorri-nos novamente a esperança de direitos humanos!

Etiquetas: , , , , , ,

10 Comentários:

Anonymous nabs disse...

Notavel a pureza do coracao do homem atraves do seu sorriso.

19 agosto, 2008 18:22  
Anonymous Ella disse...

Ele não foi morto , ele alcançou a imortalidade...
Muito bonito

20 agosto, 2008 09:26  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Muito bem!!

20 agosto, 2008 15:52  
OpenID brasilidade disse...

Oi Sam...muito obrigada por comentar lá no Brasilidade. Na verdade o blog é de 3 pessoas...estamos no começo ainda mas vc será muito bem vindo.
=)

Poxa, eu gostaria muito de um material sobre o Irã. Estou falando em particular sobre a pena de morte X direitos humanos.

E esse post é sensacional. Sérgio é minha ispiração pessoal. Li o livro de Samantha Power e admiro muito o trabalho dele e a luta que ele travava todos os dias num ambiente um tanto quanto hostil.

Bjos

20 agosto, 2008 17:13  
Blogger Gnóstico disse...

O preço da boa vontade. Se há coisa imoral será atacar precisamente os poucos orgãos (e os seus representantes) que têm um interesse em desenvolver a região. O seu assassinato foi um calculo frio por parte dos fanáticos.

20 agosto, 2008 21:18  
Blogger Shibumi disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

20 agosto, 2008 23:08  
Anonymous Shibumi disse...

Tenho que concordar em número gênero e grau sobre o Dia humanitário...
Pessoas que se "sacrificam" que "idealizam" um bem maior humanitário, deveria sim possuir um dia, nem que seja para serem lembradas. Já que existe dia para quase todo, bo para algo de tamanha importância, deveria ter também. Abraços camarada (tavaristch) e valeu a ida ao Brasilidade.

20 agosto, 2008 23:10  
Blogger Jonice disse...

Que bom!!!

21 agosto, 2008 00:49  
Anonymous Mario disse...

Data muito bem lembrada. Parabéns.

21 agosto, 2008 22:02  
Anonymous Carlos Moreira disse...

Bem lembrado, Sam. Bela homenagem.

23 agosto, 2008 12:54  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial