quinta-feira, maio 08, 2008

Capitalismo ou Solidariedade - a opinião sobre as Empresas Farmacéuticas

A continuação do texto de ontem.

(...)

Poder-se-ia estabelecer algum tipo de imposto mundial para financiar (…). Não seria esta proposta um bom motivo para começar a caminhar pela senda de um sistema fiscal global? Se se globalizou quase tudo, desde os mercados financeiros até ao comércio, passando pelas empresas, por quê não pensar em globalizar também o financiamento dos direitos sociais? A diminuição das tensões entre o Norte y o Sul – para não falar da diminuição dos ressentimentos que causam tantas tragédias – seria sem dúvida significativa.

Um Fundo Mundial de Resgate de Patentes ou algo similar, mais além da qual seja seu mecanismo de financiamento, merece ser considerado seriamente. Se ajusta plenamente aos Objectivos do Milénio. O quê deveria impedir um consenso global em torno a uma ideia de este tipo? As forças e os movimentos progressistas de todo o mundo fariam bem em liderá-la. Os neoliberais não têm nada que opor contra ela. Provavelmente, ter-se-ia que começar por conhecer a opinião das próprias multinacionais farmacêuticas.

As empresas farmacêuticas têm necessidade de financiar uma investigação cara, muito cara. Mas não devemos carregar esses custos sobre uma população para a qual a diminuição dos preços da saúde é absolutamente vital. Permitam-nos acabar com una reflexão que um de nós escreveu para outra ocasião: "Sempre acreditei que o beneficio que as ideologias empresariais ou sociais, de direitas ou de esquerdas, conferem a seus adeptos consiste no aforro de combustível mental que pressupõem e no guarda-chuva moral que ofertam. E que os cidadãos pagam os custos destes dois benefícios".

Etiquetas: ,

1 Comentários:

Blogger Ana Pallito disse...

Mexendo em vespeiro amigo?
Há mais por detrás desta historia...Do que sonha a nossa vã filosofia.
O medo da morte é sem dúvida o maior “mercado” do mundo.

20 maio, 2008 13:46  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial