quinta-feira, janeiro 22, 2009

Aviões são provas da existência da alma

Toda vez que vou viajar de avião fico maravilhado com a capacidade humana. Digam o que disserem o avião é a prova viva de que o ser humano não é apenas um animal: temos uma alma, alma racional!

Nós somos dotados de consciência, volição, ideação, reflexão consciente e inteligência coisas que o reino animal não possui. Ora, como é que podemos pertencer a um grupo se possuímos coisas que não existem nele?

Há alguns dias estive ausente, tendo a oportunidade de viajar para Londres num voo de duas horas e meia e não pude deixar de pensar que essa era a maior prova da existência da nossa alma.

Como animais deveríamos estar vivendo sobre a terra, andar sobre ela e nela sentar, mas a nossa alma é capaz de escapar das regras da natureza e de suplantar a todos os animais da terra. Somos, tanto quanto sei, a única espécie capaz de criar civilizações que fogem dessas leis naturais. Criamos os barcos e andamos sobre o mar. Criamos submarinos e mergulhamos nas profundidades do oceano. Construimos aviões e voamos pelos céus. E não somos nem anfíbios, nem peixes, nem aves.

Somos iguais aos animais nas nossas capacidades físicas. Aliás, os animais até, por vezes, são bem mais evoluidos que nós na visão ou na audição, por exemplo. Mas o poder do nosso espírito é incomparável, podendo desvendar todos os mistérios do universo.

Através do poder da alma, diz 'Abdu'l-Bahá, podemos “apreende[r] as idéias universais e traz a lume os segredos da criação”, bem como as “idéias abstratas e universais”.

Ele diz mais:
A mente é o poder do espírito humano. O espírito é o foco; a mente é a luz que dele irradia. O espírito humano é a árvore e a mente o fruto. A mente é a perfeição do espírito, é sua qualidade essencial, assim como os raios solares são uma necessidade essencial do sol.

Etiquetas: , , ,

4 Comentários:

Blogger Fábio Mayer disse...

Esse espírito inovador do ser humano talvez seja a sua melhor face... o problema é que toda inovação, cedo ou tarde, acaba sendo usada para a guerra.

Santos Dumont suicidou-se ao ver o avião usado para atirar bombas, a invenção genial dele foi a causa da sua depressão.

Mas é um fato, invenções como o avião, comprovam a existência da alma, a face sonhadora do ser humano.

22 janeiro, 2009 11:42  
Blogger Carlos Emerson Jr. disse...

Eu também tenho essa sensação até entrar em um avião da Gol ou da TAM.
Aí fico com vergonha e raiva!
Um abração

22 janeiro, 2009 19:14  
Blogger SAM disse...

Meus amigos, a alma é o anjo que temos em nós e o ego o demónio. As guerras, Fábio surgem porque o nosso ego quer se impor aos outros e, por isso, usamos tudo aquilo que temos de bom e de melhor para destruir. Essa é a prisão do ego que devemos fugir!

A mesma coisa com qualquer companhia. Vai depender da tripulação e do serviço, mas caríssimo Carlos, nem a GOL ou a TAM me pareceram assim tão más, nem a Ryanair ou a Aircomet são assim tão boas...

Tudo depende se os outros estão usando mais a alma, ou... o ego!

Um abraço amigos.

23 janeiro, 2009 22:29  
Anonymous Ella disse...

Ora no meu caso, gostei mais de TAM que a internacional Ibéria
Serviço juvenil, educado, gentil e com mais alma de TAM supera mil vezes a falta de cortesia, educação e agrado, e robótico de Ibéria e em viagem, em o 1º caso de 3 horas e do 2º caso em 13 horas, olha lá o inferno que eu passei!

24 janeiro, 2009 15:19  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial