terça-feira, janeiro 23, 2007

Rumi - Divan Shamsi Tabrizi

Escuta a flauta e como ela conta um conto, lamentando a separação:

Dizendo, “desde que me cortaram do canavial, meu lamento fez lamentar o homem e a mulher.

Quero um peito que chore pela separação, para que nele verta a dor do desejo-amor.

Tudo o que se afasta da origem deseja volver no tempo para quando com ela era uno.

Em toda companhia atesto minhas lamentações. Me associo com os que entristecidos e com os rejubilantes.

Jalálu’d-Dín-i-Rumí (1207-1273) in Mathnavi (livro 5).
Trad. por Sam, a partir do inglês de
R. A. Nicholson, Selected Poems from the Divan Shamsi Tabrizi.

Etiquetas: , ,

1 Comentários:

Blogger Mikas disse...

Boa semana

24 janeiro, 2007 16:41  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial