quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Hoje vi um tucano

Viajando pelo Brasil, lá pelos lados de Palmas, a cidade de avenidas que nunca mais terminam, vi um tucano voando, lá, no alto dos céus.

Não me recordo de alguma vez ter visto algum desses pássaros voando, talvez nalgum zoo esquecido de minha memória tenha visto um, mas não voando. Não o creio!

Estava ele voando sozinho, como que buscando algum rumo, sem saber bem para onde ia, foi, saiu de minha vista, voando.

E vendo-o voar, pensei se seria esse o meu destino: voar, sem saber bem para onde; ou voar aonde os ventos do Destino me levam; ou, ainda, voar decidindo o local de pouso.

Sim, porque parar e descansar não é hábito meu; ficar esperando o destino chegar não é para mim! Como diria um amigo meu, mais vale a vida do pássaro.

Ir-me-ei abrir ao vento, anelar a vida, a elevação da humanidade, o desenvolvimento espiritual, a promulgação da paz universal e a proclamação humanida! Esta quero que seja a minha tarefa!

Ainda mais ideal é a vida do pássaro. Um pássaro, no cume de uma montanha, nos altos ramos oscilantes, constrói para si próprio um ninho mais belo que os palácios dos reis! O ar é extremamente puro, a água fresca e transparente como cristal, o panorama atraente e acolhedor. Em tal glorioso ambiente, ele passa seus limitados dias. Todas as colheitas das planícies são suas, tendo conseguido todas essas posses sem o menor esforço. Por conseguinte, não importa o quanto o homem possa progredir neste mundo, não atingirá ele a condição do pássaro! Torna-se evidente, pois, que no que tange as coisas deste mundo, ainda que se esforce e trabalhe até a morte, não será ele capaz de conquistar a abundância, a liberdade e a vida independente de um pequeno pássaro. Isto vem provar e estabelecer o fato de que o homem não foi criado para esse mundo efêmero – foi criado, sim, para a aquisição de infinitas perfeições a fim de atingir a sublimidade do mundo da humanidade, aproximar-se do limiar divino e sentar no trono da soberania sempiterna!

Quero ser aquele tucano que vi, mas não creio que o venha a ser! Porque, afinal de contas, mais vale a vida do humano.

Etiquetas: , , ,

1 Comentários:

Anonymous Ella disse...

Bonito texto, bonitas palavras, até bastante emotivo mas explica por favor: o que é o desenvolvimento espiritual? Como você acha que uma pessoa é desenvolvida espiritualmente?
...

21 fevereiro, 2008 14:41  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial