quarta-feira, outubro 10, 2007

Feliz dia da Saúde Mental!

Desde os tempos de Razi e Imhotep até aos de Freud, Jung e Frankl, a Psicologia ganhou vários contornos, formatos e aspectos. Feixas e Miró, após revisão bibliográfica, afirmam que Corsini (1984) classificou 241 modelos terapêuticos e Karasu (1986) 400 modalidades diferentes de psicoterapias disseminadas por todo o mundo. Cada uma destas possui as suas particularidades e o seu enfoque sobre o mundo e o ser humano.

Hoje, Dia Internacional da Saúde Mental (como me lembrou a Dr. Deb), é dedicado ao impacto da cultura e da diversidade. Quem quer que conheça os meus antecedentes culturais saberá que a diversidade cultural caracteriza o meu ser com tamanha força que me parece inevitável o futuro intercultural humano.

Como reflexo da espécie humana que, na sua diversidade e variedade, afirma-se como um jardim multicolorido, rico em flores de nuances, aspectos, fragrâncias e cores distintas, a Psicologia é também composta pelo embelezamento de paradigmas diversos que tentam explicar os mesmos fenómenos humanos. Sobre isso, afirmei na minha investigação final de mestrado e voltarei a fazê-lo sempre que necessário:

Partimos (…) do pressuposto de que, apesar das diferenças, as distintas escolas são, na realidade, “como os dedos de uma só mão, os membros do mesmo corpo” (Bahá'u'lláh, 1992, p. 33), inter-conexas entre si e, talvez até, inter-dependentes.

Neste dia, mais do que falar da transculturalidade do género humano, gostaria de deixar o apelo aos meus colegas de profissão. A Psicologia é uma ciência global e plural, não numa ciência sectária e multifacetada, na qual cada movimento se vê como detentor do conhecimento absoluto universal. A Psicologia é a ciência da mente, das emoções, da realidade mais íntima das relações humanas ou, como diz o nome, a logia da psi: a lógica da alma, alma essa que é a alma do ser humano com potencial para o melhor, para o progresso e para a evolução, das 400 escolas em psicoterapia, mas também dos 5 continentes do planeta, das milhões de vítimas dos direitos humanos, dos milhares de líderes mais ou menos democráticos, da paz universal.

O apelo aos preocupados com a cultura e a diversidade: que vivamos numa cultura que incentive a diversidade humana, a diversidade do pensamento e, sobretudo, a diversidade de acção!

Feliz dia da Saúde Mental!

Etiquetas: , , , , ,

3 Comentários:

Blogger Dr. Deb disse...

This is great!

10 outubro, 2007 20:12  
Blogger luma disse...

Com certeza! Se é respeitada a diversidade em suas formas, também será aceita a saúde mental na sua essência. Beijus

11 outubro, 2007 02:05  
Blogger João Moutinho disse...

Pena que a Saúde Mental ainda esteja demasiado conectada com comportamentos desviantes.

11 outubro, 2007 14:26  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial